22/04/2022 às 12h27min - Atualizada em 22/04/2022 às 12h27min

Cai o número de casos de síndrome respiratória aguda em crianças, diz Fiocruz

Casos de síndrome respiratória aguda em crianças caíram na segunda semana de abril, segundo dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Agência Rádio2
Dos 3.700 registros entre 10 e 16 de abril, metade – 1.800 casos – era de crianças entre zero e 4 anos. De acordo com a Fiocruz, a incidência de quadros graves de gripe, com comprometimento pulmonar, ou covid-19 cresceu muito desde fevereiro e atingiu um platô, que agora começa a regredir.
 
Já as contaminações por Vírus Sincicial Respiratório (VSR) – infecção das vias respiratórias e pulmonares que afeta principalmente bebês e crianças pequenas – continua em ascensão.
 
Entre 27 estados federativos, oito apresentaram sinais de crescimento a longo prazo: Acre, Amapá, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Roraima e Rio Grande do Sul. Alagoas e Paraíba estão com indicativo de crescimento no curto prazo.
 
Dados do InfoGripe apontam que, nas últimas quatro semanas, houve prevalência de 41 POR CENTO para VSR e 37 POR CENTO para o Sars-Cov-2.
 
Influenza A e B – vírus da gripe – ficaram com pouco mais de 1,5% e menos de 0,1%, respectivamente.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o NR
Atendimento NR
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo WhatsApp