06/07/2021 às 11h16min - Atualizada em 07/07/2021 às 00h00min

Prefeito de São José de Lapa e sócios do Aquabeat se reúnem com Secretários do Ministério do Turismo em Brasília

O objetivo do encontro foi apresentar o empreendimento que será o maior parque aquático de Minas Gerais e posicionará o município como um importante polo turístico nacional

SALA DA NOTÍCIA Grupo Balo

Ainda em construção, o Aquabeat, que será o maior parque aquático de Minas Gerais, já é um grande sucesso, com repercussão em veículos de comunicação de todo o país e vendas de títulos a todo vapor. Com a previsão de inauguração para dezembro de 2022, o empreendimento projeta o município de São José da Lapa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, como destino para turistas de todo o Brasil, com a expectativa de receber mais de 500 mil visitantes por ano. E por isso, representantes da prefeitura da cidade e da iniciativa estiveram em Brasília na semana passada para uma reunião com Secretários do Ministério do Turismo.

No encontro, os representantes do município de São José da Lapa foram: o prefeito, Diego Álvaro dos Santos (Avante), o Secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Sérgio de Paula, o Vereador Talhes Maxwell e o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Leandro Gusmão, além dos sócios do Aquabeat, Tassar Neto e Altivo de Melo.  A reunião contou com a presença do Secretário do Executivo do Ministério do Turismo, Daniel Nepomuceno, Secretário Executivo Adjunto substituto do Ministério do Turismo, Marcos José Pereira, Secretária Nacional Adjunta de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, Débora Vieira e do Secretário Nacional da Infraestrutura Turistica, Vicente Alves.

De acordo com o empreendedor Tassar Neto, o intuito da reunião foi apresentar mais a fundo a cidade de São José da Lapa, tanto como um futuro polo turístico, através da implantação do Aquabeat, quanto para mostrar como o empreendimento tem se tornado um grande gerador de empregos e fomentador da economia. “Apresentamos a maquete do parque aquático e mostramos o potencial que a região tem, além dos benefícios à população. Hoje, já contabilizamos mais de 200 empregos diretos e ainda serão criados outros postos de trabalho, que, somados, poderão chegar a mais de 400 até o final da construção”, explica.

O empreendedor Altivo de Melo destaca que esta viagem à capital federal reforçou a importância do Aquabeat para o turismo em Minas Gerais.  “Já nos posicionamos como um importante polo turístico mineiro e com projeção nacional. Será um complexo de entretenimento inédito, diferente de tudo o que já foi visto em toda a região metropolitana de Belo Horizonte e para isso, cada detalhe está sendo muito bem pensado para proporcionar experiências inesquecíveis ao público”, salienta o empresário.

Escolha certa

Tassar Neto explica que o local escolhido para a construção do parque não foi por acaso. “É uma localidade rica em água, ao lado de uma reserva ambiental e possui posição geográfica privilegiada, além da proximidade do aeroporto. O clima tropical, com temperaturas altas a maior parte do ano, além das rodovias pavimentadas e sem problemas de tráfego farão com que os turistas escolham ir ao Aquabeat”, explica.

A localização é uma das facilidades para os visitantes, já que o empreendimento será montado próximo à capital mineira e a apenas 10 minutos do Aeroporto Internacional de Confins. Mas o que vai chamar mesmo a atenção são os atrativos. O maior parque aquático do estado contará com a maior piscina de ondas dupla do Brasil, rio lento, toboáguas de adrenalina, tirolesa, áreas infantis, quiosques, restaurantes, choperias e várias outras atrações.

Prefeito comemora

Os sócios da iniciativa afirmam que a prioridade para o preenchimento das vagas para trabalhar no estabelecimento é para os habitantes de São José da Lapa, o que é motivo de comemoração para o prefeito Diego Álvaro dos Santos (Avante). “A cidade fica muito satisfeita por receber um empreendimento como o Aquabeat, que envolve turismo, lazer, desenvolvimento econômico e, acima de tudo, criação de emprego e renda para o nosso município”, conta o chefe do executivo.

De acordo com o prefeito de São José da Lapa, a instalação do empreendimento, que tem a expectativa de receber quase 500 mil pessoas por ano, ajudará a desenvolver um setor até então não explorado pela cidade. “O nosso município está dentro da região calcária, que desenvolve atividades relacionadas aos segmentos cimenteiro e de calcinação e, junto a isso, aos serviços relacionados. Agora, passaremos a ser um polo turístico, a partir do indutor econômico que vai ser o Aquabeat, que não ficará restrito ao parque, mas impactará também na rede hoteleira, restaurantes e outros negócios que se beneficiem do turismo. E isso ajuda no crescimento da economia da cidade como um todo”, completa Diego Álvaro do Santos (Avante).

 

Aquabeat

Endereço das obras: Rodovia MG-424, KM 18 – Capim Seco – São José da Lapa/MG

 

Site: www.aquabeat.com.br

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCNcegW247YxDRUgv03CI35Q

Instagram: https://www.instagram.com/aquabeat.oficial/

WhatsApp: 31 99406 8018

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o NR
Atendimento NR
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo WhatsApp