30/04/2020 às 20h25min - Atualizada em 30/04/2020 às 20h25min

Vacina contra a gripe pode evitar coinfecção com coronavírus

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe pode ter um papel importante para que os brasileiros evitem outro problema, a chamada coinfecção

Agência do Rádio
Foto: Gilberto Marques
Isso significa que uma pessoa pode ter gripe e Covid-19 ao mesmo tempo. Daí a importância de estar imune contra a gripe. Embora sejam doenças distintas, a gripe e a Covid-19 afetam a mesma região do organismo, isto é, o sistema respiratório. Assim, uma pessoa infectada pelo vírus Influenza e pelo novo coronavírus terá dois agentes destruindo as células desse sistema. Especialistas em saúde alertam que esse cenário é temeroso até para os grupos menos vulneráveis, como os jovens. 

A melhor forma de evitar infecção dupla é a vacina contra o vírus Influenza, causador da gripe, ressalta Ana Paula Sayuri, epidemiologista da Universidade de São Paulo (USP). 

“É importante que as pessoas se vacinem, porque se o indivíduo estiver vacinado pode descartar uma gripe e pensar no coronavírus. Também é uma forma de não ter coinfecção de Influenza e coronavírus. Se proteger de uma coinfecção é muito importante.” 

 Prevista para abril, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe foi antecipada pelo Ministério da Saúde para março. Como a gripe e a doença causada pelo coronavírus têm sintomas parecidos, a medida facilita o diagnóstico das infecções pelos médicos. 

Uma preocupação das autoridades em saúde é a possibilidade de o pico dos casos de coronavírus confirmados no Brasil coincidir com o período de maior propagação do Influenza, que é neste mês de abril. Antecipar a vacina de abril para março foi uma forma de não sobrecarregar o sistema de saúde. 

A epidemiologista, destaca que a vacina não protege contra o coronavírus, mas tem impacto positivo na saúde do indivíduo e dá fôlego ao sistema de saúde. 

“Essa vacina não protege contra o coronavírus, e sim contra Influenza, mas pode auxiliar nos diagnósticos para gripe e a identificar mais rapidamente o coronavírus. A gente queria, adiantando essa campanha, proteger a população contra Influenza e também minimizar os impactos sobre os serviços de saúde.” 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou no dia 23 de março e, na primeira fase, priorizou idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde. No dia 16 de abril, começou a segunda etapa, com o grupo prioritário dos membros das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, portuários e população indígena.

A partir de 9 de maio dará início a terceira etapa, em que serão imunizadas professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto, pessoas com deficiência e pessoas com 55 anos ou mais.  A campanha termina no dia 22 de maio.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Cursos Online com Certificado