29/05/2018 às 15h56min - Atualizada em 29/05/2018 às 15h56min

Postos de combustível começam abastecer às 16 horas desta terça (29), em Florianópolis e região

Nesta primeira ação até 30 caminhões sairão da base de abastecimento, que precisará ter seu estoque reposto

- Adriano Ribeiro
Informe Floripa
(Foto:Divulgação)
Postos da Região Metropolitana de Florianópolis começam ser abastecidos com combustível a partir das 16 horas desta terça-feira (29). Ao menos essa é a informação que o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais da Grande Florianópolis (Sindópolis) está divulgando.

Em entrevista na CBN Diário, o vice-presidente Joel Fernandes disse que a venda de combustível para o consumidor comum será de R$ 100,00 por veículo e não será permitido o abastecimento de galões.

Segundo o sindicato, a expectativa é que hoje final de tarde e amanhã os postos comecem a receber combustível e em sete dias a situação seja normalizada. Preço médio que deverá ser praticado na bomba para a gasolina comum é entre R$ 4,19 a R$ 4,49 no máximo por litro. Nesta primeira ação até 30 caminhões sairão da base de abastecimento, que precisará ter seu estoque reposto. 

O abastecimento está sendo garantido graças a decisão liminar expedida na noite desta segunda-feira (28). O juiz Yannick Caubet da Vara Civil e Criminal da Comarca de Biguaçú, determinou a remoção de todos os manifestantes caminhoneiros do entorno da Petrobras S.A. -TRANSPETRO, em Biguaçú. Essa decisão foi cumprida pelo oficial de Justiça e Polícia Militar na manhã desta terça-feira (29).

Alguns caminhões já saíram do local, porém, até o momento, ainda somente para os órgãos públicos. A expectativa é que em instantes comece sair combustível para os postos e fornecimento para a população. Alguns manifestantes ainda resistem em sair do local. Outros estão se dirigindo para o Posto Catarinão, em Palhoça. Não há registro de confronto com a polícia, até o final da manhã desta terça (29). Leia mais.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com o NR
Atendimento NR
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo WhatsApp